27 novembro, 2012

Morto até o Anoitecer [ Resenha ]


Título: Morto até o Anoitecer
Autora: Charlaine Harris
Editora: Prestígio
Páginas: 316

Sinopse:

'' Esqueça tudo o você já ouviu sobre vampiros. Os mortos-vivos ganharam o direito de existir legalmente. O vampiro Bill Compton está disposto a tudo para se estabelecer em sua cidade natal. O que ele não contava era com uma série de assassinatos inexplicáveis, a desconfiança dos moradores locais e o envolvimento com uma bela - e teimosa - garçonete telepata. ''

Resenha:

'' Após assistir alguns episódios intercalados de True Blood confesso que fiquei com uma opinião muito ruim da série, muitos palavrões e sexo, além de não entender nada, mas sei que livros são muito diferentes, e amo livros de vampiro então comecei essa leitura sem preconceito algum e adorei! O livro é envolvente, divertido e bem sexy, não é leve mas é bem legal. A história conta o dia-a-dia de Sookie Stackhouse, numa época em que os vampiros ganharam o direito de existir, mas nem tudo é um mar de rosas quando Sookie, uma telepata nata, conhece o gatão Bill, o primeiro vampiro que já encontrou por aí. 

'' Cada vez que eu o sentia, era como se pusesse o primeiro pé numa poça de água fria depois de ter feito uma longa caminhada num dia empoeirado e quente. '' pág. 156

Chega a ser óbvio dizer que entre Sookie e Bill rola um lance super louco que envolve Sookie até a alma, já que junto com Bill vem uma bagagem e tanto, como muitas suspeitas, várias mordidas, sexo e outros vampiros, nada amigáveis e bem perigosos. O livro tem um mistério com várias mortes ocorrendo, o que é bem legal, além de manter a história sempre em movimento com vários personagens interessantes e diferentes. Não suporto o irmão dela, acho o cara um ridículo, muito infantil e fútil, e as tietes de vampiro também são deprimentes. Eric, o terrível vampiro super poderoso, é bem legal, gostei muito dele, ele tem aquele charme estilo ''Damon mais calmo'' :D

'' E eu sabia que agora, enquanto ali jazia, (...) o homem que eu amava estava deitado em algum buraco subterrâneo, para todos os intentos e propósitos, Morto até o Anoitecer.'' pág. 176

Não consigo me imaginar no lugar da Sookie resistindo como as vezes ela consegue fazer, isso é incrível! Bill e todos os outros vampiros são muito mais do que convincentes. Claro que alguns deles são porquinhos nojentos que só pensam ''naquilo'', se comportando com arrogância e humilhando as pessoas normais. Gostei também do livro usar uma analogia ao preconceito com o que é diferente e a mania das pessoas de generalizar uma pessoa pelo grupo em que vive. Tipo cor-da-pele, ou vampiro ou não. xD

'' _ É claro, já que estamos nos separando - ele disse calmamente, mas não parecia estar levando muito a sério o que eu dissera. _ Não devemos nos beijar de modo algum. Também não devo levá-la para a varanda e comê-la até você desmaiar. '' pág. 183

O final do livro é exatamente, milimetricamente, indubitavelmente do jeito que eu gosto rs. Todas as pontas são atadas, não há frustração, o título do livro aparece, e tudo é explicado e surpreende, e ainda por cima, dá uma vontade imensa de ver Bill e Sookie outra vez *-* Amei, nota 10!! ''


10 comentários:

Aline Coelho disse...

Amiga amei sua resenha, parabéns. Fico feliz que tenha gostado, sou suspeita pra falar porque amo essa serie de livro e até gosto da serie da HBO mas os livros são muito melhores. Em cada um novos personagens e fatos aparecem, pode continuar a ler que garanto que vc não vai se arrepender. Aqui no Brasil só tem seus lançados e estou indo para leitura do sexto, adoooooro. Sim o irmão de sookie ao longo dos anos vai amadurecendo e mudando, eu gosto dele. Bjos e ótimas leituras!!!!

Marina disse...

Se eu não tivesse enjoada de vampiros eu leria ^^

Amy disse...

Charlaine é uma das minhas autoras favoritas. Gosto muito dessa série. '-'
Ótima resenha.

beijos

Amy - Visite o Macchiato

Paloma Viricio disse...

Nahim...adoro livros de vampiros. Não conhecia esse e nem a editora, mas pela sua resenha fiquei interssada. Ainda mais porque você disse que dá saudade dos personagens!^^
Beijos!
Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

Sandra Mendes disse...

Hey, Daniele!

Tanta gente fala bem dessa autora, mas nunca li nada dela. Esse livro, inclusive, é sempre muito bem recomendado, mas e o medo de não gostar? rsrs
No entanto, gostei da sua resenha e me animei. Quando puder, quero ler esse livro. :)

Passeando pelos blogs, vim parar no seu. Uma gracinha! O que me chamou a atenção foi o nome, porque eu AMO gatos. Tenho 3! :D

Beijo grande!

Arine-san disse...

Ahh, adoro vampiros *-* shaushuahsu' Com certeza, lerei esse livro!! EU PRECISO!! kkkk' Só não gostei muito da capa, sabe? ><' rsrs'

Awn, flor, amei a resenha, viu? *-* rs
Bjs!! ;**

Marcos de Sousa disse...

Confesso que não sou exatamente fã de livros de vampiros, pelo menos não dos vampiros "modernos". Quem sabe, algum dia, um livro me faça mudar de ideia.

Beijo

O mundo sob o meu olhar

Paloma Viricio disse...

Olá amigaa!^^ TUdo bem? Estou aqui para desejar um ótimo final de semana.
Beijos!
Paloma Viricio-Jornalismo na Alma

Ceile disse...

Dani, já fico feliz de saber que vc gostou do livro mesmo não curtindo a série.
Eu, particulamente, gosto dos dois - comecei a série depois de ter me apaixonado pelo livro.

Muito bom mesmo o fato da autora amarrar todas as pontas no final.
Leia o próximo, é muito bom *-*

Beijo!

@ Moda e Eu. disse...

Também senti isso de True Blood.
:D
PArece ser um livro muito bom! Sou in love por vampiros.
:D

beijocas!

modaeeu.blogspot.com